PENSAMENTOS DE UM SOLDADO POLICIAL

Um dia, andei de viatura policial, andei de Fusca, Veraneio V6, Opala, Ipanema, Blazer, e as poderosas, mas nem tanto as Hilux…
Andei fardado pra cima e pra baixo, com cinto que tinha apenas um revólver canela seca com cinco munições no tambor, 12 de recarga e uma algema.
Não havia pistola .40 com 15 cartuchos mais dois carregadores sobressalentes, radio digital, poderosas lanternas, celular, nem tão pouco colete.
Fui policial quando da antiga Constituição, cabos e soldados não podiam votar. E o cidadão tinha direitos até de ir e vir, e bandido tinha o direito de puxar cadeia.
Prestei continência, cantei o Hino Nacional, da Bandeira e da Infantaria e da Polícia Militar. Patrulhei, tirei guarda, fiz faxina, puxei pernoites, pagava 10, 20… Ficava de serviço por horas, sem ir embora pra casa.
Em meu serviço aprendi muito sobre honra, retidão, respeito, confiança e companheirismo. E que as más críticas acertam as pessoas de caráter e não a quem deveria acertar. E as críticas verdadeiras te ajudam a crescer.
Aprendi que o poder nem sempre está com quem deveria. Aprendi também que armas não geram violência e flores não trazem a paz. E sim, a intenção das mãos que as carregam. Aprendi que devemos respeitar pai e mãe. Que a família é a base da educação. Aprendi que devo crer em DEUS, e não em igreja, e que ele nos ouve quando falamos com ele.
Hoje estou quase encostando minha farda. Algumas fotos já amareladas pelo tempo, me acertam o peito e fazem meus olhos jorrarem. Minha garganta já está sufocando por um nó da saudades de meus verdadeiros amigos, mas lembro que a minha Missão já foi cumprida.
Que minhas batalhas em viaturas super equipadas já não são mais minha realidade.
As noites na guarda vão ficar na lembrança e os amigos de companhia em meu coração.
Logo mais não usarei farda, nem a lua será nossa companheira, nas noites frias. Logo não prestarei mais continência, nem farei ordem unida, nem aula de tiro!
Mesmo assim, minha alma nunca deixará de ser de um Soldado!…

  • Autor: Sargento Galesco

 

Anúncios

Em busca da aprovação, BM RS em 45 dias

 

Primeiramente, meu nome é Fernando Toledo, tenho 22 anos até o dia 15 de dezembro de 2017. Enfim, n sei se terei leitores do meus escritos, mas estou na busca de registra os relatos da minha caminhada na aprovação de algum concurso público na área policial, inicialmente estou estudando para polícia militar do estado do Rio Grande do Sul (Brigada militar). Meu sonho é se torna um policial, principalmente um militar, mas estou em busca da PRF e PJC (polícia judiciária civil) no cargo de delegado, depois que eu termina a faculdade de direito, rs estou no 7• período de ciência contábeis, assim que termina a faculdade de contabilidade iniciarei a faculdade de de ciências jurídica (DIREITO) para pode fazer o concurso de delegado . Postarei todos os dias aqui nos meus escritos histórias da minha caminhada de estudos, tirarei fotos e gravarei vídeos, em caso da minha sonhada aprova criarei um canal no YouTube, pra vocês leitores ou até mesmo eu futuramente me recorda. O intuito de criar um canal ou fazer qualquer tipo de relatos, é pra mostra para os jovens assim como eu que tenha um sonho, correr atrás e ver que tudo é possível. Nas próximas edições falarei sobre minha vida!. Abraço e até o próximo domingo onde postarei dicas pra jovem assim como eu rs.